Em defesa da Liberdade!

Disponível em:
Acesso: 08 Jul 2016

Algumas das razões porque estou indicando esta matéria:
• Porque os ataques aos que foram às ruas defender Bolsonaro, ao próprio Deputado e as tentativas de calá-lo são, na verdade, “fascismo de esquerda”;

• Porque é no mínimo hipócrita um alegado “democrata” e “isentão” apoiar (e se vangloriar) com os processos que o STF e a comissão de ética movem contra o deputado Jair Bolsonaro em nome de um conceito capenga de “liberdade de expressão limitada” tão crível quanto “meia gravidez” e “democracia relativa”;

• Porque a agressão e mais esta tentativa de exclusão de Bolsonaro de um futuro processo eleitoral não é sinônimo da “estabilidade” e funcionamento de nossas instituições mas, pelo contrário, mais uma evidência que vivemos numa ditadura judicial.

Livro em PDF sobre as urnas eletrônicas

monstro-do-pantano-mmiller-5-2012
Ontem, na manifestação aqui no Rio de Janeiro, um senhor, ex funcionário do Banco do Brasil, indicou aos presentes a leitura do livro Burla Eletrônica1, que trata do assunto urnas eletrônicas.

Também na manifestação de ontem, rolou uma informação (que ainda não consegui confirmar) dizendo que tais urnas seriam, agora, utilizadas em toda a América do Sul, pelo menos nos países bolivarianos aliados: Brasil, Argentina, Venezuela, Equador, Bolívia, Uruguai etc. A ser confirmado, o assunto merece a mais séria consideração pois é uma excelente exemplo da “democracia” comunista se apossando ao mundo digital.

Pesquisando na Internet (Google) encontrei a informação no blog Partido Militar Brasileiro transcrita como nota sem data do secretário do PDT: http://pmbnacional.blogspot.com.br/2013/11/burla-eletronica-conheca-este-livro-i.html

No sítio do Centro de Mídia Independente (CMI) do Brasil, encontrei o livro foi disponibilizado em PDF e pode ser baixado do seguinte endereço:

http://www.brunazo.eng.br/voto-e/arquivos/BurlaEletronica.pdf

Recomendo a leitura cuidadosa e criteriosa porque pode ser desinformação. Explico, durante a análise dos lugares onde encontrei as informações sobre este livro me surgiram as seguintes suspeitas (meramente especulativas):

  • O que é esse Partido Militar Brasileiro?
  • Se é mesmo um Partido militar, o que uma nota do PDT (fundado por Brizola que, logicamente, jamais seria citado como creditável num sítio “militar”) o que está fazendo nesse blog?
  • Que centro de Mídia Independente é esse, num país em que toda a mídia está vendida ao governo?

1. FILHO, Amilcar Brunazo et al. Burla Eletrônica. Rio de Janeiro:Fundação Alberto Pasqualini. Disponível em: http://www.brunazo.eng.br/voto-e/arquivos/BurlaEletronica.pdf; Acesso em: 07/12/15