SERÁ QUE EXISTE UMA EXPERIÊNCIA VIRTUOSA DE ESQUERDA?

Utlizando duas matérias escritas sobre pontos de vista diferentes, o post é bastante esclarecedor e contém informações básicas sobre a evolução da Social Democracia na Suécia e até onde é válido atribuir a esse país o troféu do Socialismo que “deu certo”.

questões relevantes

9738139010_4703c87d3e_b

Dois assuntos recorrentes deste blog são a definição do que significa “ser de esquerda” e a existência ou não de uma experiência virtuosa concreta de socialismo.

Defendo a tese de que qualquer pessoa que tenha a democracia liberal (também chamada representativa) como valor fundamental não é de esquerda. Em uma troca de comentários com o gestor do blog Lavra Palavra, que se define claramente à esquerda, encontrei uma síntese muito interessante e que corrobora minha tese central: “no capitalismo, o Estado que lhe cabe precisa reproduzir a forma da concorrência de mercado, o que o faz desde internamente entre seus poderes que se bloqueiam e travam mutuamente, quanto à sua dinâmica eleitoral “competitiva” e sua alternância de poderes como princípio.”

Evidentemente vejo esta definição como virtude e não como vício, mas confesso tratar-se de uma posição minoritária. A guerra de propaganda tem muito mais militantes do lado de quem transformou…

View original post mais 5.314 palavras

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s