Resoluções de Ano Novo

brasil-luto

Feliz 2015

Sempre que um novo ano começa, as pessoas relacionam uma lista de coisas que se comprometem fazer durante o novo ano. A maioria dessas listas já esta desacreditada antes do dia 15 de janeiro. Entretanto, a lista que é apresentada nos “posts” a seguir precisa ser levada bem mais a serio do que as costumeiras “resoluções de ano novo” porque, a nossa liberdade e, talvez, nossa própria sobrevivência podem estar dependendo de darmos a ela nossa atenção e dedicação.


Uma aula sobre estratégia de guerra. O primeiro ponto que a oposição ao governo federal precisa ter em mente é que o partido do governo está em guerra contra a Sociedade Brasileira. Desse modo, se queremos derrubar o PT e sua linha auxiliar, é fundamental ter bastante claro que, como acontece em qualquer guerra, a vitória depende, principalmente da ESTRATÉGIA a ser seguida. Estratégia esta que hoje, no caso da oposição, está diluída entre as várias demandas (justas). A variedade de temas a serem defendidos contra as investidas dos socialistas é enorme, mas há alguns assuntos que são prioritários em relação aos demais. Enquanto a oposição se perde em lutas secundárias, o inimigo vai conquistando cada vez mais territórios importantes para vencer a guerra, como foi por exemplo o “marco civil da Internet”. Assim, os dois comentários reproduzidos a seguir visam definir este foco de defesa da oposição. Os itens citados nos dois comentários, se vencidos pelos socialistas significarão a curtíssimo prazo a capitulação do Brasil diante da ditadura socialista a exemplo do que aconteceu na Venezuela, Bolívia, Argentina, e demais países sulamericanos..

Outra coisa, o único partido hoje com força para derrubar o PT é o PSDB por isso ele é o partido que mais necessita ser pressionado pelos eleitores a defender as estratégias da oposição no Congresso, do contrário, o PT já venceu!

FOCO e ESTRATÉGIA é o que precisamos construir antes que o PT engula de vez o nosso país!


Fonte:Facebook
Disponível em: https://www.facebook.com/ceticismopolitico?fref=nf
Acesso: 01/01/15

Feliz 2015 a todos! Que neste ano a direita descubra o caminho para a Grande Jerusalém, que envolve:

1 – fim de aparelhamento estatal de campanha (e derrubada do projeto petista de usar o estado petista para aparelhar as campanhas políticas)
2 – derrubada de projetos de censura de mídia, que, se aprovada, dará a vitória completa ao PT (pois, com a mídia censura, esqueçam denúncias de corrupção e visibilidade da destruição econômica)
3 – fim de coletivos não-eleitos (ou seja, a derrubada do decreto 8243)
4 – evitar que Dilma consiga unificar as polícias


Um pouco sobre prioridade.

O PT está batendo tanto, mas tanto na tecla de “reforma política” que em um determinado momento até o PSDB pode entrar nessa, assim como entrou na onda do Marco Civil da Internet.

Quando isso acontecer, muitos direitistas vão xingar o PSDB, mas não deveriam fazê-lo, pois na verdade foram estes próprios direitistas que não comunicaram mensagens para o PSDB do tipo “queremos fim do aparelhamento estatal de campanha”.

Ao invés de focarem neste tipo de demanda, muitos estarão reclamando do Foro de São Paulo (que é um problema, mas não é uma demanda para o momento), das urnas eletrônicas, pedindo impeachment e, em alguns casos, conclamando uma intervenção militar. Como resultado, o Foro não será encerrado, as eleições não serao canceladas, o impeachment não ocorrerá (a não ser que surjam provas muito contundentes contra Dilma) e, felizmente, nem a intervenção militar.

Enquanto isso, a continuar por esse andar da carruagem, o governo consegue em 1 ou 2 semestres implementar o aparelhamento estatal de campanha, a censura de mídia e solidificar os conselhos não eleitos.

Nesse caso: será que temos como criticar o PMDB e o PSDB ao mesmo tempo em que a mensagem que comunicamos para eles é “para nós, o importante é anular eleições, impeachment e falar do Foro, enquanto não é tão importante proteger a mídia, evitar aparelhamento estatal de campanha e evitar que coletivos não eleitos solapem os votos do povo”?

É por isso que em 2015 a luta maior será entre nós, para, dialeticamente, corrigimos nossas rotas, para, enfim, disputar o que é realmente importante e factível.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s