Como tratar a lepra política nas manifestações? Ou: unindo objetivos divergentes em prol da liberdade.

Acho muito interessante e instrutivas discussões como a da matéria indicada e dos comentários que se seguiram. Como grupo organizado, a direita está ainda engatinhando, enquanto as esquerdas são adultas e maduras. Precisamos amadurecer quanto a fazer política, e temos que fazer isso rapidamente porque não temos muito tempo para nos preparar para uma guerra em que um dos lados já se empenha há décadas..

Portanto, por de lado nossas convicções pessoais sobre o que achamos que poderia resolver o problema do Brasil em prol do bem maior que é o de bloquear as ações bolivarianas que já estão em andamento pelo governo e que são citadas no corpo da matéria deve ser a nossa prioridade. Espero que os que buscam uma mudança nos rumos da nação entendam isso..

O que importa mesmo, o que assusta o pessoal de Brasília, é nossa presença nas ruas. Este é o momento em que todos os que lutaram e lutam pela democracia precisam estar unidos, como estavam em 1964, ao irem para as ruas na famosa “Marcha Com Deus e pela Família” e, mais tarde, nas “Diretas Já”

manifestacoes

Alguns não gostaram do termo “lepra política”. Eu não criei esse termo, que já era usado por Horowitz desde seus escritos iniciais focados em estratégia política para os republicanos.

Essencialmente, uma lepra política é um comportamento ou discurso que só serve a um único fim: tirar sua capacidade de obter qualquer resultado político e ainda por cima dar munição ao seu oponente. É um título de capitalização onde você só perde e ele só ganha.

Lepra política não existe apenas os republicanos, como também para os bolivarianos. Por exemplo, os petistas expurgaram gente como Heloísa Helena apenas para se livrar de discursos classificados como lepra política.

Não podemos também desconsiderar o zeitgeist (espírito do tempo). Algo que é uma lepra política hoje pode não ser amanhã. Por exemplo, eu já defendi o estado mínimo. Hoje, ao menos temporariamente, eu não vejo que esse é o assunto sob discussão. Reconheço que este…

View original post mais 1.346 palavras

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s