Um “especial” de Natal – Comentários

Gramsci-e o MArxismo-CulturalFonte: Blog Ceticismo político
Assunto: Especial de Natal do grupo “Porta dos Fundos”
Disponível em: http://lucianoayan.com/2013/12/25/porta-dos-fundos-e-um-especial-de-natal-desculpem-me-a-sinceridade-mas-alguns-religiosos-ultrajam-a-si-proprios-na-reclamacao/
http://lucianoayan.com/2013/12/30/tres-conscientizacoes-sobre-reacoes-religiosas-na-questao-do-video-polemico-do-porta-dos-fundos/
Acesso em: 29 dez 2013

O Luciano Ayan publicou em sua página Ceticismo Político (http://lucianoayan.com/) duas matérias comentando o vídeo de Natal do grupo homorístico Porta dos Fundos. O material está disponibilizado nos endereços indicados acima.

Como o tema das duas matérias é a estratégia da direita na guerra política, resolvi resumir aqui os comentários das duas matérias, com o objetivo de reforçar a necessidade da direita dispender mais tempo e esforço estudando autores esquerdistas e aprendendo com eles as técnicas de luta na guerra política.

Baseado no fato que aprendemos desde pequenos, na escola, a não demonstarmos estar ofendidos quando os colegas tentam nos rotular com apelidos, muitas vezes pejorativos, pois isso só resultaria em aumentar a intensidade do bullying, a primeira matéria publicada orienta os cristãos a não externar sua indignação pelo vídeo do Porta dos Fundos, mas contra-atacar em reação, com força igual em sentido contrário, isto é ridicularizando os valores da esquerda. E quais são esses valores? Entre outros:

  • Feminismo;
  • Movimento GLBT;
  • Ações afirmativas(cotas raciais, por exemplo);
  • Terrorismo ambiental;
  • Neo-ateísmo; e, etc.

A segunda matéria sobre o assunto, publicada em 29/12, complementa a matéria anterior analisando algumas das reações ao vídeo humorístico.

A primeira delas foi a proposta de um acessor do Pastor-Deputado Marco Feliciano em processar judicialmente o grupo de humor pelo desrespeito mostrado para com ícones considerados sagrados pelo cristãos. Uma estratégia que, embora não tenha sido abordada no primeiro post é, sem dúvida, muito boa. Dá a eles, aos esquerdistas, o mesmo remédio com que eles ameaçam e aplicam sobre os que os criticam. Esperamos que o assunto saia da mera proposta para a prática.

Em seguida, ele critica, com exemplos, dois erros cometidos por falta de experiência dos conservadores religiosos na luta da guerra política.

O primeiro, racionalizar a gozação da turma do Porta dos Fundos discorrendo sobre “o que fazemos para merecer estas críticas”. Esta foi a atitude do Marcos Botelho no vídeo anexado ao texto do Luciano.

Esta atitude comete dois erros crassos:

a) dá aos adversários crédito pelo que estão afirmando. Foi assim que, nas últimas eleições para presidente, nos Estados Unidos, os Republicanos garantiram a Obama a reeleição.
b) não revidam o ataque, ficando, assim, na posição de derrotados.

O segundo erro cometido pelos cristãos foi apoiar o comentário do humorista Renato Aragão, que num programa em que participava junto com o grupo do Porta dos Fundos, alegou achar errado usar religião em piadas.

Como diria David Horowitz em seu A Arte da Guerra Política: É política, estúpido!

A turma do Porta dos Fundos está usando a estratégia delineada por Saul Alinsky em seu Guia Para Radicais que ensina que uma das armas mais poderosas que os esquerdistas têm é ridicularizar o inimigo. Portanto reconhecer que o Porta dos Fundos está meramente usando uma estratégia de guerra é o primeiro passo para não entrar na batalha como derrotado.

Esses erros estratégicos básicos cometidos pelos conservadores religiosos ilustram a necessidadede se aprofundar nas táticas do inimigo para conseguir derrotá-los com as próprias armas deles. Do contrário a direita religiosa apanhará sempre até ser completamente erradicada ou, o que é pior, subjugada, no cenário político brasileiro.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s