Decálogo de Lenin

A matéria a seguir foi extraída na íntegra do Blog do Weiss

Fonte: Blog do Weiss
Disponível em: http://blogdoweiss.blogspot.com.br/p/decalogo-de-lenin.html
Acesso em: 17/11/13

Em 1913, na Rússia, Lenin proclamava seu famoso decálogo, traçando os rumos a serem seguidos pelos comunistas do mundo todo para que sejam criadas as condições para a tomada e permanência no poder, sobre os escombros da sociedade capitalista e da burguesia:

1. Corrompa a juventude e dê-lhe liberdade sexual;
2. Infiltre e depois controle todos os veículos de comunicação de massa;
3. Divida a população em grupos antagônicos, incitando-os a discussões sobre assuntos sociais;
4. Destrua a confiança do povo em seus líderes;
5. Fale sempre sobre Democracia e em Estado de Direito, mas, tão logo haja oportunidade, assuma o Poder sem nenhum escrúpulo;
6. Colabore para o esbanjamento do dinheiro público; coloque em descrédito a imagem do País, especialmente no exterior e provoque o pânico e o desassossego na população por meio da inflação;
7. Promova greves, mesmo ilegais, nas indústrias vitais do País;
8. Promova distúrbios e contribua para que as autoridades constituídas não os coíbam;
9. Procure catalogar todos aqueles que possuam armas de fogo, para que elas sejam confiscadas no momento oportuno, tornando impossível qualquer resistência à causa;
10. Contribua para a derrocada dos valores morais, da honestidade e da crença nas promessas dos governantes. Nossos parlamentares infiltrados nos partidos democráticos devem acusar os não-comunistas, obrigando-os, sem pena de expô-los ao ridículo, a votar somente no que for de interesse da causa socialista.

NOTA:

Embora tenha postado a matéria acima, descobri na Internet muita polêmica sobre o assunto. Resolvi investigar e encontrei muita divergência quanto à autenticidade do decálogo. Um sítio (Recanto das Letras) é categórico em afirmar que os 10 mandamentos, como estão aqui redigidos são falsos. Concordo que alguns aspectos citados são realmente intrigantes e muito coincidentes com a realidade atual brasileira para terem sido “pensados” lá no início do século XX.

O sítio “Ronald Reagan – Os Anos do Bonzo”, na página sobre 1983 tece o seguinte comentário:

19/01/1983
O presidente Reagan declarou aos repórteres sobre “os dez mandamentos de Nikolai Lenin . . . Os princípios básicos do comunismo,” entre eles “promessas são como a casca das tortas, feitas para serem quebradas.” Especialistas afirmam que tais mandamentos nunca existiram e apontam que o nome de Lênin era Vladimir.

Disponível em: http://www.quickchange.com/reagan/1983.html
Acesso em: 17/11/13

Descobrimos assim que uma menção ao decálogo, no passado, fora feita pelo Presidente Ronald Reagan dos Estados Unidos. O sítio citado, aparentemente, pertence a um liberal e não cita as fontes de onde obteve sua informação, o que coloca sob suspeita a afirmação feita por ele.

Me pareceu mais digno de crédito o comentário de um leitor do New York Times que, numa carta ao jornal fez sobre esta declaração de Reagan o seguinte comentário:

’10 MANDAMENTOS’ DE ORÍGEM DUVIDOSA
Publicado: 3 de fevereiro de 1983

Ao Editor:

Os “Dez Mandamento de Nikolai Lenin” citados pelo Presidente Reagan de fato existem. Não posso atestar sua autenticidade, mas tanto quanto me lembro, copiei de um panfleto de propaganda alemã, publicado durante a II Guerra Mundial, que estava na biblkiioteca da minha escola do segunto grau.

Aqui estão eles:
(1) Em princípio, nunca rejeitar o terror
(2) Só há salvação na estrada da revolução internacional, socialista
(3) Que não haja moral em política; Haja apenas expediente
(4) A religião é o ópio do povo
(5) Deixai-me ensinar às crianças e a semente que eu semear nunca será arrancada
(6) A verdade não tem importância a menos que sirva a um fim
(7) Nossa tática: Desconfiança absoluta
(8) Fique de olho em todos sem qualquer sentimento
(9) Promessas são como a casca das tortas, foram feitas para serem quebradas
(10)Trame, rodeie, bata em retirada – qualquer coisa é válida para acelerar a chegada do comunismo.

ZAHID MAHMOOD, New York, Jan. 22, 1983

Fonte: The New York Times
Disponível em: http://www.nytimes.com/1983/02/03/opinion/l-10-commandments-of-dubious-origin-205961.html
Acesso em : 17/11/13

A mim, esta última versão me parece muito mais de acordo com o que Lenin poderia ter dito, mas a verdade é que ainda não encontrei algo que confirme categoricamente a existência, mesmo desse último decálogo, que pode muito bem ter sido uma fraude forjada pelos nazistas.

Fica aqui como uma curiosidade até que apareça, uma prova de sua autenticidade ou de ser um documento forjado.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s